O treinador alemão Jürgen Klopp realçou hoje a importância de voltar a reunir o plantel do Liverpool, depois da paragem da liga inglesa de futebol devido à pandemia de covid-19, cujo recomeço está apontado para 17 de junho.

"É uma evolução massiva", afirmou o técnico de 52 anos ao ‘site' do Liverpool, equipa que segue isolada na liderança da Premier League, com 82 pontos em 29 jogos, mais 25 pontos do que o segundo classificado, o Manchester City (que tem menos um jogo disputado).

Segundo Klopp, os seus jogadores não precisam de estar neste momento totalmente preparados para o recomeço do campeonato, já que o objetivo é se encontrem a 100% quando tiverem a sua primeira partida após o interregno, contra o Everton.

"Vamos procurar a melhor forma, aumentando a intensidade, dia a dia, mas queremos estar prontos a 19 ou 20 [de junho], qualquer que seja o dia em que o primeiro jogo seja disputado", sublinhou.

A I Liga inglesa está suspensa desde meados de março, por causa do novo coronavírus, tal como sucedeu com a quase totalidade dos campeonatos na Europa.

"Nunca tivemos nove semanas sem treino de futebol nas nossas vidas", realçou Klopp, que parece destinado a devolver o título de campeão inglês aos ‘reds', 30 anos após a sua última conquista.

O Reino Unido é um dos mais afetados pela covid-19, contando já quase 38.500 mortos (e mais de 272 mil casos), apenas superado pelos Estados Unidos (EUA) no que toca a vítimas mortais da doença.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 369 mil mortos e infetou mais de 6 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,5 milhões de doentes foram considerados curados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.