O Everton somou a segunda vitória consecutiva na Premier League depois de bater o Crystal Palace por 3-1, em Goddison Park.

A equipa treinada por Ancelotti marcou primeiro por Bernard aos 18 minutos e chegou ao intervalo a vencer por 1-0, isto já depois e ter acontecido um momento insólito, aos 26 minutos.

Theo Walcott lesionou-se e o técnico teve de fazer entrar um jogador para o seu lugar, neste caso Djibril Sidibe.

Estava tudo pronto para a substituição quando Sidibe percebe que lhe falta... uma meia na perna esquerda.

O jogador teve de regressar ao balneário para calçar a meia e então poder entrar em campo, para o desespero de Ancelotti.

Já com Sidibe em campo e com as duas meias, na segunda parte o Palace chegou ao empate por Benteke aos 51 minutos, mas o Everton apenas precisou de sete minutos para Richarlison retomar a vantagem dos Toffees.

Vantagem que foi alargada por Calvert-Lewin aos 88 minutos, no último golo da partida.

Com o resultado o Everton sobre provisoriamente ao 7.º lugar e fica a um ponto do primeiro lugar europeu. Já o Crystal Palace mantém o 14.º lugar, com 30 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.