Depois de, sábado, se ter sagrado no grande vencedor do torneio ePremier League Invitational, onde provou os seus dotes no FIFA'20, o internacional português Diogo Jota, jogador do Wolveramphton, falou à BBC sobre o que espera de um eventual regresso das comeptições futebolísticas.

Para o atacante dos 'Wolves', os responsáveis da Premier League devem tentar tudo para que esse regresso aconteça realmente e diz esperar que estes não sigam o exemplo de outros países, que vão dar por concluído prematuramente os campeonatos.

"Não temos de olhar para outros países. Cada país tem os seus problemas e tem de lidar com eles à sua maneira. Algumas Ligas vão acabar já e outras podem regressar. Sei que quase todos os países seguem a Premier League, pelo que é importante terminar a época. Mas, obciamente, a saúde está em primeiro lugar", afirmou Diogo Jota à BBC.

O 'camisola 18' do Wolverhampton admitiu, porém, que serão necessárias mudanças para regressar. "Se tivemos de jogar à porta fechada, então jogamos à porta fechada. É claro que todos gostariam de ter os adeptos nas bancadas, mas teremos de ir passo a passo e o primeiro passará por jogar sem espectadores no estádio", terminou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.