O Manchester United empatou 2-2 no terreno do Aston Villa, em jogo da 22.ª jornada da Premier League, desperdiçando uma vantagem de dois golos, ambos da autoria de Bruno Fernandes. O culpado é Phillipe Coutinho, reforço de inverno para os 'villans', por empréstimo do Barcelona, que regressou em grande ao futebol inglês.

Cristiano Ronaldo foi baixa nos 'red devils', devido a uma lesão na anca, com Diogo Dalot e Bruno Fernandes a alinharem de início no Villa Park.

O United chegou à vantagem logo aos seis minutos, num remate de fora da área do médio português, a passe de Alex Telles, com o guarda-redes dos 'villains' a ficar mal na fotografia.

Veja o golo de Bruno Fernandes

Bruno voltaria a marcar na segunda parte, deixando os 'red devils' (aparentemente) mais confortáveis no jogo. Fred recuperou a bola, olhou para a sua direita e descobriu o português, que na passada encheu o pé direito e atirou para o fundo das redes.

Veja o 'bis' de Bruno Fernandes

Steven Gerrard mexeu na equipa e promoveu a estreia de Philippe Coutinho - não jogava na Premier League desde dezembro de 2017. O brasileiro revolucionou por completo o encontro: assistiu Jacob Ramsey para o 2-1 (77') e assinou o golo do empate (82'), limitando-se a encostar um cruzamento rasteiro.

O Manchester United prossegue o seu 'calvário' e depois da derrota em casa ante o Wolverhampton volta a 'encalhar', passando a ter 32 pontos, já a 24 do líder Manchester City. Na classificação, é somente sétimo, fora dos lugares de apuramento para as competições europeias - tem menos um jogo.

Já o Aston Villa ocupa o 13.º lugar, com 23 pontos, estando 10 acima da linha de descida.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.