A Rússia é um dos últimos países a suspender todas as provas de futebol, devido ao surto de Covid-19 que assola a Europa.

A decisão foi anunciada esta terça-feira pela Federação Russa de Futebol. O organismo sublinha que as provas sob a sua tutela estarão suspensas de 17 de abril até 10 de abril. Esta medida aplica-se às ligas profissionais e ao futebol regional no país.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.850 morreram. Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, que regista a maioria dos casos, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, com quase 60 mil infetados e pelo menos 2.684 mortos, o que levou vários países a adotarem medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal há 331 pessoas infetadas, segundo o mais recente boletim diário da Direção-Geral da Saúde, tendo-se registado na segunda-feira a primeira morte.

Veja neste mapa (alguns) dos eventos já afetados pelo Covid-19

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.