O Panamá tornou-se, na terça-feira, no segundo estreante na fase final do Mundial de futebol de 2018, ao vencer em casa a Costa Rica por 2-1, na última ronda da zona CONCACAF de apuramento.

No entanto, a vitória começa num golo ´fantasma` que nunca devia ser validado. Depois de alguma confusão na área da Costa Rica, o árbitro apontou para golo uma bola tocada por Gabriel Torres. No entanto, o esférico nunca chegou a ultrapassar a linha de golo.

Depois deste golo ´fantasma` que empatou o jogo aos 52 minutos, Roman Torres ao minuto 89, fez o tento da vitória e consequente apuramento.

Mas o jogo ainda pode vir a sofrer uma reviravolta. Tendo em conta a forma como o Panamá empatou, é de esperar que tanto os Estados Unidos da América, que ficou eliminada com a vitória do Panamá, como as Honduras, que foram relegados para um play-off, apresentem um protesto junto da FIFA.

O organismo que rege o futebol mundial abriu um precedente grave, recentemente, ao mandar repetir o África do Sul-Senegal, por entender que o árbitro do encontro tinha influenciado, de forma propositada, o desfecho do encontro (ganho, na altura, pelos sul-africanos).

Este foi o golo que apurou o Panamá

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.