O diário desportivo catalão 'Sport' escreve na sua edição de domingo que Neymar Jr. foi repreendido por Leonardo, diretor desportivo do PSG, diante de todo o plantel pelo atraso de uma semana do internacional brasileiro em apresentar-se ao trabalho.

De acordo com a informação veiculada pelo 'Sport', Leonardo frisou que "as regras internas do clubes são para cumprir" e que aquele tipo de comportamento não iria ser tolerado.

Num discurso muito duro, Leonardo avisou ainda Neymar que os "privilégios acabaram" e garantiu que o jogador brasileiro será castigado pelo clube por causa do atraso de uma semana, e ainda terá de pagar uma multa mais alta do que o previsto no regulamento interno do PSG.

O referido diário catalão revela ainda que o tom de voz alto de Leonardo não deixou margem para dúvidas na exigência a todos os jogadores para trabalharem no duro e recordou que Neymar já tinha cumprido um mês de férias, quando 'atrasou' em uma semana o seu regresso ao trabalho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.