O Lille empatou hoje sem golos na receção ao Paris Saint-Germain, na 16ª jornada da Liga francesa de futebol, o que lhe permitiu recuperar a liderança, mas agora partilhada com o Lyon.

De nada valeu ao PSG ter tido 70% de posse de bola, porque o Lille foi uma equipa coesa a defender e mais objetiva no ataque e no contra-ataque, razão pela qual fez três remates enquadrados à baliza de Keylor Navas, contra apenas um do campeão francês.

O PSG não pôde contar com o avançado brasileiro Neymar, lesionado, e, surpreendentemente, o treinador alemão Thomas Tuchel deixou a 'estrela' da equipa, Kylian Mbappé, no banco de suplentes até ao minuto 77, altura em que entrou em campo a render o argentino Angel Di Maria.

No eixo da defesa do Lille esteve o internacional português José Fonte, que capitaneou a equipa, enquanto o compatriota Xeka entrou aos 79 minutos para o meio-campo, a substituir Benjamin André, e o central Tiago Djaló não chegou a sair do ‘banco’.

De registar ainda as ausências de dois internacionais portugueses, ambos por lesão, Renato Sanches, no Lille, e Danilo, no PSG.

Perante este resultado, o Lille recuperou em primeiro lugar, agora partilhando a liderança com o Lyon, com 33 pontos ambos, seguidos por perto pelo PSG, com 32, e do Marselha, treinado pelo português André Villas-Boas, em quarto, com 28, mas tendo menos dois jogos do que os três primeiros.

Em outro jogo de hoje da 16ª jornada, o Rennes confirmou a retoma na Liga francesa e alcançou a terceira vitória seguida, por 3-0, na visita ao Lorient, penúltimo colocado, subindo ao quinto lugar da prova, com 28 pontos.

Depois de na ronda anterior ter batido o Marselha, a formação comandada por Julien Stephan chegou ao triunfo com tentos de Damien da Silva, aos 23 minutos, Benjamin Bourigeaud, aos 70, e Martin Terrier, aos 76.

O Rennes passou a somar 28 pontos e ultrapassou o Montpellier, que utilizou o central português Pedro Mendes no empate 2-2 no terreno do Brest.

Um golo do alemão Kevin Volland, aos 15 minutos, assegurou a vitória do Mónaco em Dijon, por 1-0, num encontro em que o internacional português Gelson Martins foi titular nos monegascos, que estão na sétima posição.

O Bordéus venceu por 2-0 em Estrasburgo, enquanto Angers e Saint-Étienne empataram com Nantes e Nimes, respetivamente.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.