Gourvennec, de 50 anos, chegou ao Lille no início da última temporada para render Christophe Galtier, que tinha levado o clube ao título em 2020/21, e até começou bem com a conquista da Supertaça francesa perante o Paris Saint-Germain (1-0).

Com José Fonte, Tiago Djaló, Renato Sanches e Xeka (entretanto o médio terminou contrato com o clube) no plantel, o Lille acabou por desiludir na defesa do título francês e, na Liga dos Campeões, foi eliminado nos oitavos de final pelo Chelsea.

De acordo com a imprensa desportiva gaulesa, o português Paulo Fonseca, atualmente sem clube depois de duas temporadas na Roma (2019/20 e 2020/21), deverá ser o sucessor de Gourvennec.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.