Giovanni van Bronckhorts, treinador do Rangers, analisou a final perdida frente ao E. Frankfurt.

"Foi uma grande deceção. Quando se joga uma final na Europa e se perde, dói muito. Os penáltis são uma lotaria e esta noite não nos saiu bem. Não me posso queixar dos jogadores, porque deram tudo numa partida muito equilibrada. Preparámos bem os penáltis, alguns estavam confortáveis com isso, outros preferiam não rematar. Foi necessário adaptar a lista em função das substituições. Ramsey (que falhou o penálti) ficou dececionado, mas assumiu a responsabilidade de rematar, podia marcar ou não, mas para rematar prefiro ter jogadores que estão preparados para marcar. Mas na memória sempre fica o que se ganha e quando perdes, dói muito. Agora, temos de recomeçar. Amanhã partimos de Sevilha e sábado temos um jogo importante. E também temos de pensar na nova época", afirmou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.