Autor de um golo, Paulinho analisou o encontro e o triunfo frente ao Zorya (2-1).

"Não pode haver conforto porque o conforto é inimigo dos bons resultados. Temos de olhar para os jogos com o Leicester com ambição de modo a fazermos bons jogos e tentarmos pontuar", atirou.

"Tivemos humildade de perceber que esta equipa tem qualidade e tínhamos de defender mais baixo. Ficámos a vencer por 2-0, eles arriscaram e tivemos de defender mais baixo. Não conseguimos sair em transição e conseguimos, unidos, a vitória é que foi o mais importante."

Paulinho igualou Horta nas competições europeias

"Ainda hoje falei com Alan e pedi para se inscrever, mas já não pode. Eu e o Horta sentimo-nos felizes, mas nunca falámos sobre isso e não é nada que nos afete durante o jogo ou nos faça pensar sobre isso. Primeiro está sempre a equipa, é esse o nosso pensamento."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.