Benfica perdeu hoje com o Arsenal por 3-2 e falhou o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa de futebol, numa partida disputada em Atenas, casa emprestada da equipa inglesa.

Confira as declarações de Jorge Jesus, treinador do Benfica, na flash-interview.

O que faltou? "Faltou termos capacidade nos últimos minutos para impedir tanto o segundo como o terceiro golo do Arsenal. Os jogadores estavam controlados, a equipa estava bem posicionada, mas o Everton e o Nuno Tavares foram batidos facilmente. São pormenores importantes, depois da equipa ter feito um excelente jogo contra uma grande equipa. Sofremos golos em duas situações que não têm nada a ver com o coletivo, porque a equipa estava toda posicionada atrás. Fomos fáceis naquelas duas jogadas e fomos batidos no um contra um."

Benfica esteve melhor que na 1ª mão?  "Sim, não há comparação possível. A equipa teve momentos neste jogo de grande categoria, ofensivamente e defensivamente. Mas falhámos em dois momentos fáceis e isso marca emocionalmente. Saímos daqui frustrados face ao resultado, face ao jogo que fizemos e também face ao momento que vivemos. Tudo isto marca emocionalmente, nem é só o resultado. Saímos daqui frustrados, isto é pancada atrás de pancada. Estamos numa crise de resultados. A equipa já está a tirar a cabeça para fora, já corre mais, está mais competitiva e este jogo podia deixar-nos mais confiantes. Mas, ao perder assim, ainda fica pior."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.