Emanuel Ferro fez, ao final da tarde desta quarta-feira, a antevisão do jogo com o Lask Linz, do play-off de acesso à Liga Europa. O treinador-adjunto do Sporting falou do regresso do técnico principal e dos atletas que recuperaram de COVID-19, abordou a possibilidade de Tabata ir ao jogo e falou da lesão de Jovane.

Diferenças entre este jogo e o do ano passado: "É incomparável e não acredito que nenhuma das equipas esteja a basear-se no passado. Nós tivemos a pensar num jogo que sabemos que é decisivo para uma competição onde queremos estar na fase de grupos. A preparação foi específica tendo em conta os últimos jogos. O adversário manteve a sua base, é intenso e mantém várias coisas do seu perfil de jogo, apesar de ter mudado de técnico. Nós somos uma equipa diferente que tem trabalhado com grande ambição, com crescimento na ideia de jogo e acreditamos que isso nos vai ajudar a fazer um grande jogo".

Regressos de Pote e Max e possibilidade de Tabata jogar: "Temos um grupo de trabalho que tem vindo a preparar-se em termos coletivos. Quem esteve de fora teve uma preparação muito específica, tiveram pouco tempo com a equipa, como foi o caso do Nuno [Santos] que se apresentou e esteve bem. Temos ativos muito fortes neste grupo e temos de os aproveitar, mas também tendo em conta uma estratégia muito específica para este jogo".

Como o Sporting se vai apresentar? "Temos a nossa estratégia de jogo, sabemos que um jogo pode ter uma história muito variável. Podemos estar mais por cima e depois estar a dar mais hipótese ao adversário. Temos de estar conscientes disso e mantermo-nos equilibrados, com a nossa ideia de jogo até ao fim. Queremos ser nós a dominar, temos ambição, a equipa está a sentir-se muito capaz e isso pode ser decisivo para chegar à vitória frente a um adversário competitivo."

Lask goleador, Sporting com defesa sólida: "São equipas diferentes. O LASK é uma equipa diferente do Paços e do Aberdeen. Os golos anteriores interessam pouco e cada uma das equipas vai apresentar-se com um outro objetivo. Queremos apresentar o nosso jogo e isso é fundamental. Queremos ganhar com a nossa forma de jogar, sabendo que o momento competitivo de amanhã será diferente dos últimos dois jogos que tivemos."

Regresso de Rúben Amorim e dos jogadores que tiveram COVID-19: "É bom para o grupo, que fica mais forte. Queremos estar todos juntos para estarmos mais fortes a cada jogo. O grupo está mais capaz para responder ao jogo de amanhã."

Jovane está em condições de jogar? "Compreendo as perguntas, mas não vou poder adiantar qualquer nome da convocatória ou do onze. O que posso dizer é que num período de tantos jogos, a gestão dos jogadores é feita ao detalhe e que contamos apresentar o melhor onze em termos de desempenho".

O Sporting-Lask Linz está agendado para às 20h00 desta quinta-feira, em Alvalade, em jogo único do play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.