No dia do décimo aniversário da conquista da Liga dos Campeões pelo 'seu' Inter de Milão, José Mourinho deu conta da altura em que decidiu seguir para o Real Madrid na época seguinte, admitindo que já era a terceira vez que os 'merengues' tentavam contratar o técnico português.

"Eu já queria ir, tinha esse desejo no ano anterior e disse ao presidente, Massimo Moratti, mas ele convenceu-me a ficar. E já tinha recusado uma vez quando estava no Chelsea. Não podes dizer 'não' três vezes ao Real Madrid. Tomei a decisão após a 2.ª mão da meia-final com o Barcelona porque sabia que íamos vencer a 'Champions'. Disse-o a Moratti que entendeu. Nem era preciso falar bastava ver como nos abraçamos no relvado em Madrid", afirmou.

O técnico revela que foi mais feliz em Milão do que em Madrid e que tudo poderia ter sido diferente se tivesse regressado à cidade italiano depois da conquista do troféu.

"Se tivesse voltado a Milão depois da final, com os adeptos a cantarem o meu nome, talvez não tivesse saído. Não tinha nada assinado com o Real", disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.