A Liga dos Campeões regressou na sexta-feira, quase cinco meses depois da paragem devido à pandemia da COVID-19, com a luta pelos últimos quatro lugares na inédita 'final a 8' de Lisboa. Manchester City, Lyon, Barcelona e Bayern Munique juntaram-se a Atalanta, Atlético Madrid, Leipzig e PSG, que já haviam garantido a passagem aos quartos de final antes da interrupção da prova.

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

A UEFA acabou por decidir fazer uma inédita fase final, com eliminatórias de apenas um jogo, em Lisboa, de 12 a 23 de agosto. Nesse sentido, recordamos o percurso da Atalanta até esta fase da competição. A equipa italiana tem encontro marcado com o PSG na quarta-feira (20h00), no Estádio da Luz.

O caminho do Paris Saint-Germain

Há muito que o PSG, crónico campeão francês, não consegue passar os quartos de final da Champions - mais precisamente desde 1994/95 - tendo caído nos 'oitavos' nas últimas quatro temporadas. Mais uma vez, a equipa parisiense chega a esta fase da competição como um dos favoritos à conquista do troféu - basta olhar para os números alcançados na presente temporada e percebemos rapidamente isso mesmo.

O PSG só não venceu um dos seis jogos na fase de grupos desta época, sendo a exceção o empate 2-2 no terreno do Real Madrid, na quinta jornada. Os franceses derrotaram em casa a equipa 'merengue' no arranque da prova, por expressivos 3-0, tendo vencido também os dois jogos contra os belgas do Club Brugge (5-0 fora, e 1-0 em casa) e os turcos do Galatasaray (1-0 fora, 5-0 em casa).

Uma campanha tranquila e imaculada que permitiu à equipa de Thomas Tuchel terminar o Grupo A na liderança, com 16 pontos, mais cinco que o Real Madrid, que garantiu o apuramento no segundo lugar. O PSG teve ainda o melhor registo defensivo na fase de grupos, tendo sofrido apenas dois golos, ambos frente ao Real Madrid, e continua a apresentar a melhor defesa da prova, com apenas quatro tentos consentidos.

Nos oitavos de final, os franceses começaram por viajar até ao reduto do Borussia Dortmund, de onde saíram com uma derrota por 2-1, com Haaland a bisar e Neymar a apontar o golo de honra dos franceses. Já no Parque dos Príncipes, a equipa da casa entrou focada na vitória e aos 28 minutos Neymar escapou à marcação de Hakimi para cabecear em queda, após um canto de Di María. O PSG não abrandou e continuou a pressionar, chegando ao 2-0 já perto do intervalo, num desvio certeiro de Juan Bernat após cruzamento de Sarabia.

O Dortmund mudou de atitude na segunda parte, mas os parisienses resistiram sem grandes problemas, com a expulsão de Emre Can, já perto do final, a ser o culminar de uma noite para esquecer do Borussia. Foi o primeiro triunfo do PSG numa eliminatória a duas mãos desde março de 2016.

De referir que esta é a oitava campanha consecutiva do Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões, e a sexta participação nos quartos de final. O emblema gaulês disputou as meias-finais em 1995, mas foi eliminado nos 'oitavos' nas últimas três épocas, isto depois de ter ficado pelo caminho nos quartos de final nas quatro campanhas anteriores.

Na primeira mão o Dortmund bateu o PSG por 2-1
Momento do jogo entre PSG e Dortmund créditos: AFP or licensors

Os franceses foram afastados pelo Barcelona em 2013 e 2015, pelo Chelsea em 2014 e, mais recentemente, pelo Manchester City em 2016 (2-2 em casa, 0-1 fora). O único sucesso nesta ronda aconteceu frente ao Barcelona em 1994/95, com um total de 3-2, antes de ser eliminado pelo Milan nas meias-finais.

Em busca de superiorizar este registo, o PSG terá pela frente a Atalanta, estreante na Liga dos Campeões mas que já deu provas da sua qualidade e veia goleadora.

Depois de ter fechado a Serie A no terceiro lugar, a equipa de Bergamo terá a vantagem de chegar com maior ritmo competitivo à partida com o Paris Saint-Germain, que foi declarado campeão francês após o cancelamento da Ligue 1 em março, mas ainda teve oportunidade de conquistar a Taça de França a 24 de julho. Lesionado no tornozelo direito desde a final da Taça, Kylian Mbappé está em dúvida para o jogo com os italianos.

Pode acompanhar todas as incidências da partida aqui. O vencedor do encontro entre a Atalanta e o Paris Saint-Germain vai defrontar o Atlético Madrid ou o Leipzig nas meias-finais.

Registo em 2019/20 na Champions: V6 E1 D1 GM17 GS4

Melhores marcadores: Kylian Mbappé e Mauro Icardi (5)

Vencedor do Grupo A

▪ PSG 3-0 Real Madrid (Di María 14 33, Meunier 90'+1)
▪ Galatasaray 0-1 PSG (Icardi 52)
▪ Club Brugge 0-5 PSG (Icardi 7 63, Mbappé 61 79 83)
▪ PSG 1-0 Club Brugge (Icardi 22)
▪ Real Madrid 2-2 PSG (Benzema 17 79; Mbappé 81, Sarabia 83)
▪ PSG 5-0 Galatasaray (Icardi 32, Sarabia 35, Neymar 46, Mbappé 63, Cavani 84 g.p.)

Oitavos-de-final

Primeira mão (18 de Fevereiro): Dortmund 2-1 PSG (Haaland 69 77; Neymar 75)
Segunda mão (11 de Março): PSG 2-0 Dortmund (Neymar 28, Bernat 45+1)
(3-2 total)

Especial Liga dos Campeões: Acompanhe todas as decisões com o SAPO Desporto! 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.