O desafio entre a Juventus e o Lyon, da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, vai realizar-se sem público, revelou hoje o presidente do clube francês, Jean-Michel Aulas.

"Temos uma carta da UEFA a informar que a partida [no dia 17 março] será realizada à porta fechada, em Turim", declarou Aulas, acrescentando que é “uma informação diferente daquela que o primeiro-ministro italiano anunciou na segunda-feira”, quando anunciou que os jogos em Itália foram suspensos.

O líder do clube francês esclareceu que “vão ser tomadas as devidas precauções e que a equipa só vai viajar para o norte de Itália no dia do encontro”, lembrando que a viagem de avião não dura mais de 45 minutos.

No encontro da primeira mão, o Lyon, do guarda-redes português Anthony Lopes, venceu (1-0) a ‘Juve’, do compatriota Cristiano Ronaldo.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.200 mortos.

Cerca de 117 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram.

Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China, com 631 mortos e mais de 10.100 contaminados pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

A quarentena imposta pelo governo italiano ao norte do país foi alargada a toda a Itália.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.