Apesar do PSG ser superior em individualidades, o Dortmund acabou por ser mais forte enquanto equipa e parte em vantagem para a partida da segunda mão (2-1).

O imparável Erling Haaland fez os dois golos da equipa da casa. Primeiro aos 69´ e depois aos 77´ num pontapé imparável, com Neymar ainda a ter empatado o encontro aos 75´.

Vantagem mínima para o Dortmund que vai assim a Paris tentar defender a vantagem.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.