O suíço Haris Seferovic, que alinha no Benfica, consumou hoje a primeira derrota de Portugal na Liga das Nações de futebol 2022/23 e ‘ajudou’ a Espanha a isolar-se na liderança do grupo A2 da prova.

Em Genebra, bastaram 56 segundos de jogo para que o avançado benfiquista voltasse a marcar à seleção portuguesa (1-0), depois de há uma semana também ter batido Rui Patrício, no Estádio José Alvalade, embora na altura o tento tivesse sido anulado.

No último de quatro encontros realizados em 11 dias para a Liga das Nações, Fernando Santos operou várias alterações no ‘onze’, ainda assim insuficientes para evitar o mesmo desfecho da anterior visita à Suíça, onde a equipa das ‘quinas’ tinha sido derrotada no pós-Euro2016 (2-0).

Após um empate em Espanha (1-1) e triunfos sobre Suíça (4-0) e República Checa (2-0), ambos em Lisboa, Portugal averbou o primeiro desaire na presente edição da competição, quando lhe faltam realizar dois encontros no grupo A2, com checos e espanhóis, em setembro.

A consequência imediata do desaire em Genebra foi a perda da liderança para a Espanha, que venceu por 2-0 na receção à República Checa e passou a somar oito pontos, mais um do que a seleção nacional, que é segunda colocada, à frente dos checos (quatro) e dos helvéticos (três).

Em Malága, 'La Roja', finalista em 2020/21, manteve a invencibilidade na terceira edição da Liga das Nações, com um tento em cada parte, primeiro por Carlos Soler, aos 24 minutos, e depois através do ex-sportinguista Pablo Sarabia, que já tinha marcado à Suíça na ronda anterior e voltou a ‘faturar’, aos 75, três minutos depois de ser lançado para o lugar de Marco Asensio.

Na Liga B, o segundo escalão da prova, o avançado Erling Haaland assinou um ‘bis’ na vitória da Noruega sobre a ‘vizinha’ Suécia, por 3-2, que permitiu aos noruegueses reforçarem a liderança do grupo B4, face ao empate da Sérvia na Eslovénia (2-2).

A Grécia, que contou com o benfiquista Vlachodimos na baliza, manteve o percurso 100% vitorioso na Liga C e assegurou já a subida à Liga B, ao vencer por 2-0 o Kosovo, enquanto, no grupo C4, a Geórgia cedeu um ‘nulo’ (0-0) diante da Bulgária.

Já no último escalão, a Liga D, o central Zach Muscat, que joga no Casa Pia, marcou o tento que 'carimbou' a vitória de Malta sobre San Marino (1-0).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.