Rafa analisou o triunfo de Portugal na Liga das Nações.

Triunfo

"Conseguimos o que queríamos, ser campeões, ganhar esta taça. Importante é que conseguimos, trabalhámos para isso."

Fazer história

Nós jogadores gostamos sempre de ganhar e jogamos sempre para ganhar. Nenhum gosta de perder. Esta era a primeira vez que se disputava esta competição e queríamos vencê-la para ficarmos na história. Foi o que fizemos."

Entrada em campo

"[Quando entrei em campo] Estávamos a ganhar, [Fernando Santos] pediu-me para explorar o contra-ataque se houvesse alguma possibilidade, mas ajudar bastante o lateral esquerdo [Raphael Guerreiro]."

Balanço

"Todas as temporadas são boas. Em todas temos de tirar aprendizagens e foi isso que aconteceu em toda a minha vida e vai continuar. Não foi só esta época, trabalho sempre. Não são os golos que me fazem andar, é ajudar a equipa e o melhor por ela, não por mim."

Festa

"Neste momento estamos na seleção, acabámos de ganhar um troféu e estamos preocupados em festejar. Daqui a um mês pensarei no Benfica."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.