Espanha carimbou na noite de terça-feira o passaporte para a fase final da Liga das Nações. E fê-lo em grande estilo, com uma sensacional goleada por 6-0 sobre a Alemanha.

Para os alemães foi a derrota pela maior margem de sempre sofrida pela em jogos de competições oficiais, enquanto Espanha somou o seu nono triunfo caseiro consecutivo, tendo sofrido apenas um golo nessas partidas. Aa reacções nas manchetes dos principais jornais dos dois países não podiam ser mais contrastantes.

Nos jornais espanhóis, uma natural euforia. O 'Mundo Deportivo' fala num "Baile Histórico" e o 'As' vai mais longe, falando mesmo num "Espancamento Histórico". Histórico é mesmo o adjetivo mais usado, com a 'Marca' a destavar uma "Exibição Histórica ante a Alemanha", enquanto o 'Sport' diz simplesmente que foi "À Grande!".

Nos jornais alemães a história é bem diferente. O 'Bild' fala num "Desastre contra a Espanha" e diz que o lugar do selecionador Jurgen Klopp pode estar em risco, acrescentando que só dois jogadores se salvaram no descalabro, enquanto o 'Berliner Morgenpost' fala num "Debacle em Sevilha" e o "Die Zeit" diz simplesmente que "Não vai funcionar", apontando a porta da saída a Löw e acrescentando que os adeptos alemães desejam "um novo começo".

CONFIRA OS DESTAQUES DA IMPRENSA DOS DOIS PAÍSES

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.