Julen Lopetegui, treinador do Sevilha, teve uma discussão com José Bordalás, técnico do Getafe, que levou à expulsão de ambos no jogo deste sábado.

Tudo aconteceu no momento em que Lucas Ocampos, avançado da equipa andaluz, sofreu uma entrada duríssima de Djené, defesa do Getafe que acabaria por ser admoestado com o cartão vermelho direto.

Bordalás não gostou de algo que Lopetegui lhe terá dito, reagiu e os dois acabaram por se desentender, acabando por receber ordem de expulsão.

No final da partida, Bordalás responsabilizou Lopetegui pelo sucedido. "Li nos lábios dele algo muito grave e repreendeu-me como se me estivesse a fazer responsável. Foi um pisar fortuito, chega tarde, toca na bola, o árbitro viu e expulsou-o. Tentei saber do rapaz e expulsou-me por causa do treinador rival", explicou.

Por sua vez, Lopetegui admitiu ter-se excedido: "Peço desculpa publicamente. Fruto do calor do momento, poderia ter lidado de outra forma, por isso peço desculpa. Espero que o que aconteceu com Lucas não seja grave, estamos a cruzar os dedos, a esperar que não seja o que parece que é. O treinador do Sevilha deve comportar-se melhor."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.