A Real Sociedad desperdiçou hoje a oportunidade de se isolar no comando da Liga espanhola de futebol, numa oitava jornada em que o Sevilha falhou posteriormente a ‘colagem’ aos comandantes.

Com um empate 1-1 em Getafe, o conjunto basco desaproveitou a derrota, horas antes, do Real Madrid, por 2-1 em casa do Espanyol, pelo que ‘apenas’ se juntou aos ‘merengues’ e ao campeão Atlético de Madrid no comando, todos com 17 pontos, em oito jornadas.

O último a jogar foi o Sevilha, em casa do Granada, sendo que triunfo lhe permitiria juntar-se a este trio, contudo a equipa liderada pelo antigo técnico do FC Porto Julen Lopetegui sofreu a primeira derrota na competição, por 1-0, frente ao Granada, que se estreou a ganhar.

Os andaluzes ficaram a três pontos do trio da frente, mas têm ainda um desafio a menos.

Com Florentino a titular, o Getafe adiantou-se no marcador com golo de Sandro Ramirez, aos 40 minutos, mas a Real Sociedad igualaria aos 68, por Mikel Oyarzabal.

Ante o Sevilha, Luis Maximiano defendeu, com um desempenho vistoso, as redes do Granada, e foi o médio Ruben Rochina quem, aos 25 minutos, desferiu um forte remate de fora da área que decidiu o encontro.

Horas antes, o Real Madrid sofreu a primeira derrota na Liga espanhola, por 2-1, na visita ao Espanyol, que se adiantou pelo ex-benfiquista Raul de Tomás, aos 18 minutos, ampliando para 2-0 aos 60 minutos, por Aleix Vidal.

O ‘inevitável’ Benzema ainda reduziu, num golo de belo efeito, aos 71 minutos, porém o Real Madrid não conseguiu resgatar qualquer ponto.

Este é o terceiro desafio consecutivo do Real Madrid sem vencer, já que, a meio da semana, a equipa da capital espanhola foi surpreendida, em casa, pelo modesto Sheriff Tiraspol (2-1), na Liga dos Campeões.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.