Em entrevista ao jornal espanhol 'Marca', Andrés Iniesta falou sobre a situação de Ronaldinho Gaúcho, que, neste momento, está em prisão domiciliária no Paraguai, num quarto num luxuoso hotel de Assunção.

"Não falei com ele recentemente. A situação que todos vimos pela televisão e que está a viver no Paraguai, evidentemente deixa-me triste, mas espero que se resolva brevemente, para o seu bem", começou por referir Iniesta, atualmente ao serviço dos japoneses do Vissel Kobe.

De notar que, Andrés Iniesta e Ronaldinho Gaúcho partilharam balneário nos espanhóis do Barcelona entre as temporadas 2003/2004 e 2007/2008 - altura em que o brasileiro vestiu a camisola dos blaugrana.

Além de Gaúcho, Iniesta falou ainda do momento do Barcelona e dos casos de Antoine Griezmann e Frenkie de Jong.

"Vou ser sincero, eu vejo sempre o Barcelona como uma equipa que tem a mesma proposta de jogo. Às vezes as coisas saem melhores, outras piores, mas é assim que vejo as coisas. Talvez porque estive lá toda a minha vida e sei o que pensam os jogadores. Também cada momento tem as suas situações e não os vejo inferiores a qualquer outra equipa", referiu o antigo jogador do Barcelona.

De seguida, Iniesta pediu aos adeptos para darem mais tempo aos reforços. "É como o caso de De Jong. O Griezmann e o resto dos novos jogadores precisam de tempo. Têm um talento enorme e seguramente vão acabar por triunfar e conseguir o seu lugar nesta equipa onde não é fácil de jogar", recordou o médio espanhol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.