Gonçalo Guedes falou dos seus tempos de Benfica, abordando os tempos em que foi treinado por Jorge Jesus em 2014/2015.

O internacional português sublinha que não guarda qualquer rancor em relação a Jorge Jesus.

"Não tenho nada a apontar ao mister Jesus sobre toda aquela história de que ele não apostava na formação, mas a verdade é que com o Rui Vitória subiram muitos jogadores da formação à equipa principal e começou essa política no clube. O presidente deu a entender que, para ele e para os benfiquistas, era importante que isso acontecesse. Ao subirmos, fomos mostrando que havia qualidade e que se calhar não era preciso ir contratar fora. Tanto Jorge Jesus como Rui Vitória se portaram da melhor forma e agradeço aos dois", pode ler-se em declarações prestadas à Benfica Play.

"Eu sabia que não ia jogar sempre, havia muitos jogadores de qualidade à minha frente. Mitroglou, Jonas, Jiménez, Gaitán, Salvio… Para um miúdo de 18 anos não era fácil, mas correu bem e tive muitos minutos", prosseguiu.

O jogador português também não coloca de lado um eventual regresso ao Benfica.

"O Benfica deu-me tudo, toda a minha infância e também o crescimento como pessoa e profissional. Aprendi muito com vários treinadores, também passei pela mão do Bruno Lage, que agora é o treinador da equipa principal. Vou guardar o Benfica para sempre e quem sabe se um dia volto a casa!"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.