Luís Figo esteve este sábado à conversa com Fabio Cannavaro num direto da rede social Instagram e explicou a troca entre o Barcelona e o Real Madrid.

"Foi uma decisão importante e difícil, pois mudei de uma cidade que me dava muito e onde estava bem, mas quando sentes que não és reconhecido pelo que estás a fazer e se tens uma proposta de outro clube, ponderas", admitiu o antigo internacional português.

Desafiado a escolher o jogador que mais o marcou ao longo da carreira, Figo escolheu Raúl González.

"Na minha carreira joguei com grandes futebolistas. Seria mais fácil escolher um por posição do que eleger apenas um. Joguei com Ronaldo, Zidane, Rivaldo, Stoichkov, Guardiola, Hierro, Verón e com aquele que estava sempre pronto para marcar, o Raúl", recordou.

"Era um vencedor e só pela sua mentalidade conquistou tanto na carreira. Sabia sempre como definir e como mover-se em campo. Se falas de Ronaldo, as suas características são a velocidade e a potência, mas com Raúl é difícil decidir o que é melhor nele. Tinha um pouco de tudo. Fazia sempre golo e marcava a diferença", acrescentou.

Recorde-se que Luís Figo trocou o Barcelona pelo rival Real Madrid no ano 2000, depois de cinco anos no emblema blaugrana. Acabaria por estar também cinco anos nos merengues, antes de rumar a Itália para vestir a camisola do Inter.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.