O Villarreal subiu hoje ao quarto lugar da Liga espanhola de futebol, ao vencer em casa o Levante por 2-1, no jogo de abertura da 17.ª jornada, e ao beneficiar do empate do Sevilha.

No estádio La Cerámica, o ‘submarino amarelo’ esteve a vencer por 2-0, com golos de Fer Nino, aos 19 minutos, e Gerard Moreno, aos 54, mas o Levante, sem Rúben Vezo, que teve teste positivo ao novo coronavírus, ainda reduziu por Sérgio León, aos 73.

Com a vitória, a equipa passou a somar 29 pontos e subiu ao quarto lugar, o último de acesso à ‘Champions’, à espera que o Sevilha, que era favorito, disputasse, um pouco depois, o dérbi da cidade com o Bétis, afetado com muitas baixas no plantel.

No Bétis, Dani Martín, Bartra, William Carvalho, Camarasa e Tello eram baixas por lesão, enquanto Álex Moreno, Joaquín, Guardado e Montoya desfalcavam a equipa de Manuel Pellegrini devido a testes positivos ao novo coronavírus.

Um contexto difícil, mas que não ‘diminuiu’ o Bétis, que até teve mais tentativas e oportunidades de golo, num jogo que terminou igualado (1-1), depois de chegar ao intervalo sem golos.

Na segunda metade, Suso marcou primeiro para o Sevilha, aos 48, mas, pouco depois, Canales empatou, de grande penalidade, para o Bétis, após falta de Diego Carlos, aos 53.

Seria também da marca dos 11 metros, desta vez após falta de Marcos Acuña, que o Bétis poderia ter voltado a marcar, mas Fekir, chamado à conversão, permitiu a defesa de Bono, aos 75 minutos.

O empate relega o Sevilha, que tem 27 pontos, para o quinto lugar, posição em que ainda pode ser ultrapassado no domingo pelo FC Barcelona, que tem 25 e que visita o Huesca, enquanto o Bétis é nono, à condição, já que Cádiz, Athletic Bilbao, Alavés e Getafe ainda não entraram em campo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.