Os clubes que esta temporada disputam a La espanhola foram obrigados a apresentar estádios alternativos, localizados em regiões autónomas diferentes das suas, de forma a precaver a eventualidade de um dos seus jogos ter de ser deslocado para outra região onde a taxa de infeção de COVID-19 seja mais baixa.

Desta forma, os 20 clubes tiveram de chegar a acordo para encontrarem outro palco para ser a 'sua casa' em caso de agravamento da situação na sua localidade.

Assim, por exemplo, o Real Madrid jogará em Valladolid, enquanto o Barcelona terá a sua 'casa' alternativa em Palma de Maiorca. Já o Atlético Madrid, de João Félix, jogará em San Sebastián, em alternativa ao seu Metropolitano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.