O FC Barcelona regressou hoje às vitórias na Liga espanhola de futebol, com um triunfo sofrido caseiro sobre o Elche, por 3-2, mas mesmo assim continua num impensável sétimo lugar, na 18.ª jornada da prova.

Em Camp Nou, depois de dois jogos sem vencer (uma derrota e um empate), a equipa catalã chegou ao intervalo com uma confortável vantagem de dois golos, graças a remates certeiros de Jutgla e Gavi, aos 16 e 19 minutos, respetivamente.

Contudo, na segunda parte, quando tudo apontava para uma exibição mais tranquila da equipa de Xavi, o Elche refez em tempo recorde o empate, com golos de Tete Morente, aos 62 minutos, jogador que assistiu Milla segundos depois, aos 63.

Subitamente, o FC Barcelona estava novamente em ‘apuros’ e um terceiro jogo seguido sem vencer parecia o cenário mais provável, mas o suplente Nico, aos 85 minutos, com assistência de Gavi, acabou por dar novo fôlego ao emblema catalão.

Mesmo assim, o triunfo deixa o histórico clube do futebol espanhol no sétimo posto, provisoriamente a 15 pontos do eterno e histórico rival Real Madrid, que lidera e que nesta ronda recebe o Cadiz, no domingo.

No que conta à luta pelas provas europeias, o FC Barcelona aproximou-se da Real Sociedad, sexto posicionado, que hoje foi surpreendido em casa pelo Villarreal, que venceu por 3-1. Com dois golos e uma assistência, o internacional espanhol Gerard Moreno foi a grande figura da equipa forasteira.

Destaque para o Rayo Vallecano, que continua a ter o papel de ‘equipa surpresa’ desta edição da Liga espanhola, depois de ter regressado ao principal. A equipa de Bebé, que foi lançado no final da primeira parte, bateu em casa o Alavés, por 2-0, e subiu provisoriamente ao quarto posto, lugar que dá acesso à Liga dos Campeões da próxima temporada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.