O Barcelona empatou, este sábado, a dois golos na receção ao Valência, voltando assim a atrasar-se na corrida aos primeiros lugares da Liga espanhola, num jogo em que Messi até fez história.

A turma catalã entrou mal no jogo e viu o Valência, que contou com Gonçalo Guedes a titular (Thierry Correia não saiu do banco), ganhar vantagem graças a um golo de Mouctar Diakhaby à passagem do minuto 29. O Barça, porém, reagiu bem e restabeleceu a igualdade perto do intervalo, por Lionel Messi, na recarga a uma grande penalidade por si próprio desperdiçada.

Tratou-se de um golo histórico para o internacional argentino, que desta forma igualou Pelé como o jogador com mais tentos (643) ao serviço de um só clube no futebol mundial.

Na segunda parte o Barcelona ainda passou para a frente do marcador, virando o resultado, com Ronald Araújo a marcar, mas os visitantes fixaram o resultado final em 2-2 aos 69 minutos, por Maxi Gómez. No Barça, Francisco Trincão ainda entrou para o lugar de Antoine Griezmann pouco depois, mas de nada valeu.

Com este empate, o Barcelona soma agora 21 pontos em 13 jogos e poderá perder a quinta posição que agora ocupa para o Sevilla, equipa que soma menos dois pontos, mas tem menos dois jogos disputados.

Quanto ao Valência, subiu a sua contabilidade para 15 pontos, igualando no 12º lugar o Eibar, que domingo recebe o Real Madrid.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.