Roberto Mancini reconheceu que a Argentina foi superior a Itália na Finalíssima, em Wembley, que colocou frente a frente os campeões europeu e sul-americano de seleções.

Veja as melhores imagens do jogo!

"Na primeira parte cometemos dois erros e sofremos dois golos num jogo que estava a ser equilibrado. Nessa altura, eles foram melhores, tinham a posse de bola e comandavam o jogo. Deveríamos ter marcado um jogo para abrir a discussão pelo marcador, mas na segunda parte tivemos poucas oportunidades. Fizemos muito pouco para mantermo-nos na luta [pelo título da Finalíssima]. Foram melhores do que nós. Estivemos na discussão do jogo na primeira parte, mas depois não conseguimos fazer o suficiente para dar a volta à situação no reinício da partida", analisou o selecionador italiano, reconhecendo que a equipa precisa de melhorar nos próximos tempos.

"Apenas tenho que agradecer a todos estes rapazes que jogaram nos últimos quatro anos, há um grande ressentimento por não nos termos qualificado para o Mundial'2022. Hoje, o jogo esteve equilibrado até ao 1-0, depois eles mereceram [a vitória]. Os nossos jogadores passaram por muito nos últimos dois anos e eu também estou um pouco cansado. Temos de mudar depois deste jogo e sei que vamos fazê-lo", finalizou em declarações à 'RAI Sport'.

A Argentina derrotou a Itália por 3-0, na Finalíssima que colocou em campo o campeão sul-americano e o campeão europeu de futebol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.