O Guangzhou Evergrande, campeão chinês de futebol, lançou esta quinta-feira a primeira pedra do seu futuro estádio em Cantão (Guangzhou), que poderá receber 100.000 espectadores, com um custo estimado de 12.000 milhões de yuans (cerca de 1,7 mil milhões de dólares), cerca de 1,5 mil milhões de euros.

Este estádio, que será um dos maiores do mundo, poderá ser concluído antes do final de 2022, de acordo com a agência de imprensa nacional Xinhua, que anunciou o lançamento da construção.

Este estádio seria uma das atrações arquitetónicas da cidade do sul da China e terá a aparência de uma flor de lotus.

O objetivo do Guangzhou Evergrande, vencedor de oito dos últimos nove campeonatos nacionais, é aumentar o seu público, num país onde o futebol está em plena expansão: atualmente o número médio de espectadores em casa de cada jogo do Guangzhou Evergrande é de 50 mil adeptos. A equipa é liderada pelo italiano Fabio Cannavaro.

O maior estádio do mundo, o Estádio Primeiro de Maio, com capacidade para 150.000 especatores, está localizado em Pyongyang, na Coreia do Norte.

Na Europa, o Camp Nou em Barcelona é o de maior capacidade, com mais de 99.000 lugares.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.