A polícia de intervenção do Rio de Janeiro deteve esta madrugada várias dezenas de adeptos do Flamengo por distúrbios junto ao hotel onde está alojada a equipa argentina do Independiente.

Os brasileiros do Flamengo defrontam esta quarta-feira o Independiente no Estádio do Maracanã em jogo a contar para a segunda mão da final da Taça Sul-Americana depois de uma derrota por 2-1 no reduto dos argentinos.

De acordo com a informação veiculada pela AFP, vários adeptos do Flamengo dispararam fogo de artifício junto ao Hotel Hilton na Barra da Tijuca onde se concentrava grande parte da comitiva técnica do Independiente enquanto que outro grupo 'aterrorizou' a restante comitiva alojada noutro hotel junto à praia de Copacabana com o lançamento de 'petardos' logo pela manhã.

Ainda segundo a polícia de intervenção do Rio de Janeiro foram detidos 48 adeptos do Flamengo e confiscado material pirotécnico, assim como pedras e garrafas. Esta recepção por parte dos adeptos do Flamengo foi uma resposta à forma como a equipa brasileira foi recebida na Argentina.

Recorde-se que Flamengo e Independiente defrontam-se esta quarta-feira na segunda mão da final da Taça Sul-Americana.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.