Os futebolistas do campeão Slavia Praga, atual líder do campeonato checo, suspenso desde meados de março devido à pandemia da covid-19, vão entrar em quarentena, após um caso positivo na equipa.

A indicação foi dada no Twitter pelo presidente do clube, Jaroslav Tvrdik, depois de hoje a liga ter revelado que existem dois resultados positivos para o novo coronavírus em 1.442 jogadores testados.

De acordo com o presidente do clube, a equipa do Slavia estará isolada até quinta-feira, e os jogadores serão testados outra vez na sexta-feira, e, ainda, na segunda-feira, antes do jogo de reinício da Liga.

A liga checa deverá regressar este mês, e o Slavia de Praga teria o seu primeiro jogo no recomeço do campeonato em 26 de maio, em casa do Mlada Boleslav, a outra equipa da Liga que tem um caso positivo no plantel.

"A equipa prevê ter uma primeira sessão de treinos na sexta-feira, dependente do resultado do teste", adiantou o presidente, acrescentando que o Slavia disputará o jogo de regresso se o teste de segunda-feira também for negativo.

Após 24 jornadas, o Slavia Praga lidera o campeonato checo, com oito pontos de vantagem para o Viktoria Plzen, segundo.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Países Baixos, Bélgica e Escócia foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 04 de junho, depois de a Liga alemã ter sido retomada no sábado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.