A Liga belga de futebol vai baixar o número de adeptos permitidos nos estádios, que já era limitado, proibindo o consumo de bebidas e comida, para evitar que os espetadores tirem a máscara da cara, anunciou hoje a entidade.

As bancadas nos recintos belgas vão poder acolher no máximo 200 pessoas, metade das 400 permitidas até agora, e em grupos de quatro, e não de cinco, sendo também imposta a proibição de fumar.

Já a distância de segurança exigida sobe de um metro para um metro e meio, segundo o comunicado do organismo que gere as ligas profissionais de futebol da Bélgica.

A decisão tem efeitos a partir de sexta-feira, não tendo implicações na partida da Liga Europa entre o Standard Liège e o Glasgow Rangers, que vai contar com 7.000 espetadores, conforme acordado entre a UEFA e as autoridades locais.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, com a Bélgica a ser o segundo país do Mundo com mais mortes por 100.000 habitantes (90).

Na segunda-feira, as autoridades sanitárias belgas indicaram que nas últimas duas semanas se registou uma taxa de incidência de 747 casos confirmados de infeção por 100 mil habitantes, o que representa uma subida de 221% face aos 14 dias anteriores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.