O Lask Linz foi castigado com a perda de seis pontos por ter desrespeitado regras sanitárias relativas à pandemia de covid-19, o que lhe custou a liderança do campeonato austríaco de futebol.

A Liga de clubes austríaca não perdoou à formação de Linz o regresso prematuro aos treinos sem restrições e além de uma multa de 75 mil euros impõe a subtração de seis pontos, o que acarreta a descida de primeiro para segundo, agora atrás do RB Salzburgo.

O Lask, treinado pelo francês Valérien Ismäel, pretende recorrer, quando falta menos de uma semana para o reatamento da Bundesliga austríaca, agendado para 02 de junho.

O caso foi desencadeado por um vídeo feito sem que a equipa do Lask Linz se tenha apercebido. Pelos testemunhos que chegaram à Liga, os treinos em conjunto e sem limitações terão ocorrido pelo menos quatro vezes, quando a regra era treinos em grupos de seis.

Na Áustria há ainda 10 jornadas para fechar a época e, a exemplo dos outros países europeus que já recomeçaram ou que definiram datas, os jogos serão realizados à porta fechada. Cada equipa deve jogar de três em três dias, para que o campeonato feche no início de julho.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 355 mil mortos e infetou mais de 5,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.

O total de casos na Áustria subiu hoje para 16.628, com 668 mortes contabilizadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.