A Seleção Nacional de Sub-21 encerrou a fase de qualificação para o Europeu com um triunfo (2-1) sobre os Países Baixos, mas não conseguiu chegar ao primeiro lugar do grupo, embora já estivesse apurada. Fábio Vieira, com golos aos dois e 53 minutos, foi a figura da partida, tendo Gakpo, aos 42', anotado o tento holandês, que permitiu à seleção 'laranja' assegurar o primeiro lugar do grupo.

Rui Jorge mudou quatro peças em relação ao duelo com o Chipre, com destaque para a titularidade de Tomás Tavares, à esquerda da defesa, e para Rafael Leão que passou para o banco de suplentes - Pedro Gonçalves também continuou de fora das opções para o onze.

Com as duas equipas já apuradas para o Europeu, o jogo no Estádio Municipal de Portimão servia para definir o primeiro classificado do grupo 7, sendo que os holandeses partiam em vantagem. Para lá chegar, os lusos tinham de vencer por dois golos de diferença.

A verdade é que Portugal não podia ter pedido melhor entrada no jogo, chegando à vantagem logo aos 2 minutos, na sequência de um erro da defesa holandesa. Tudo começou num lançamento lateral, com Hoogma a tentar atrasar para o guarda-redes, Dany Mota a antecipar-se e a entregar para Fábio Vieira, que fez o mais fácil.

A equipa lusa continuou a pressionar alto e esteve perto de dobrar a vantagem aos 15', com Vitinha a rematar em força, mas por cima da trave. Pouco depois, um erro do médio do Wolverhampton permitiu uma transição rápida aos Países Baixos, com Gakpo a rematar forte, ainda de fora da área, para uma boa defesa de Diogo Costa.

Estava dado o primeiro aviso por parte dos holandeses, que voltariam a estar perto do empate por Justin Kluivert (36'), que atirou direto na cobrança de um livre lateral, com a bola a passar a centímetros do poste da baliza lusa e Hoogma a falhar a emenda.

Foi já perto do intervalo que os Países Baixos chegaram ao 1-1, aproveitando nova distração dos portugueses: Dilrosun lançou Zeefuik, Tomás Tavares não conseguiu acompanhar e o lateral cruzou rasteiro para a área, onde surgiu Gakpo a finalizar.

Com uma troca ao intervalo (Rafael Leão rendeu Jota), Portugal voltou a adiantar-se no marcador, com Fábio Vieira a bisar (53') através de um remate de fora da área, que ganhou efeito após embater num defesa contrário e sobrevoou Scherpen.

A equipa das quinas precisava agora de vencer por 3-1, que quase acontecia aos 55', com Rafael Leão a rematar cruzado, já com o guardião holandês fora do lance, mas Schuurs impediu o golo com um corte monumental.

Aos 78' Fábio Vieira, lançado por Rafael Leão, ficou a centímetros do 'hat-trick', e logo a seguir foi a vez de Diogo Costa mostrar serviço, afastando com a ponta dos dedos o remate perigoso de Justin Kluivert. Mas o marcador não voltaria a mexer.

Países Baixos e Portugal avançam assim para o Euro2021, que será organizado conjuntamente por Hungria e Eslovénia e em duas fases.

Numa primeira fase, os 16 apurados dividem-se em quatro grupos de quatro, em torneio que decorrerá entre 24 e 31 de março de 2021 e que contará já com a presença dos dois países organizadores.

Os vencedores e segundos classificados de cada um dos grupos seguem para a fase final, que decorrerá igualmente na Hungria e na Eslovénia, entre 31 de maio e 06 de junho, no sistema de quartos de final, meias-finais e final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.