Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC), considera que os rumores da alteração do formato do Euro2020, para passar a realizar-se num só país, são "infundados".

Citado pela televisão italiana 'Rai', o líder da FIGC, mostra confiança de que o plano de vacinação vai acelerar o ritmo e que o apito inicial do Europeu será dado em Roma.

"São rumores infundados, temos muita confiança nas nossas autoridades e estamos convencidos de que iremos acelerar a nossa política de vacinação. Estamos confiantes. Estamos prontos para o apito inicial do jogo de abertura em Roma", disse.

O primeiro jogo do Euro2020 está marcado para o dia 11 de junho, no Estádio Olímpico de Roma, entre Turquia e Itália.

As declarações do líder do futebol italiano surgem no mesmo dia em que Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, afirmou que o país está pronto para receber todo o Europeu de futebol, caso a UEFA assim o entenda.

"Vamos receber o Europeu. Recebemos as semi-finais e a final. Se existirem outros jogos que queiram realizar cá, estamos prontos, mas essa é uma decisão que cabe à UEFA", disse.

 *Artigo atualizado às 15h01

 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.