O Inter Milão apurou-se hoje para a final Taça de Itália de futebol mais de uma década depois, ao vencer o rival AC Milan (3-0), no encontro da segunda mão das meias-finais.

No Estádio Giuseppe Meazza, em San Siro, depois do ‘nulo’ verificado no primeiro jogo, no início de março, os ’nerazzurri’ diminuíram as hipóteses do rival ainda dentro dos primeiros 45 minutos, face aos remates certeiros do argentino Lautaro Martínez, o primeiro, logo à passagem do minuto quatro, e, o segundo, aos 40.

Com o internacional português Rafael Leão entre os titulares, os ‘rossoneri’ ainda viram o videoárbitro (VAR), aos 66 minutos, anular um golo ao argelino Ismael Bennacer, por posição irregular, e o Inter viria a colocar um ponto final na eliminatória, com o terceiro tento da autoria do alemão Robin Gosens (82), que se estreou a marcar pelo campeão italiano.

A equipa comandada por Simone Inzaghi não atingia a final da prova desde 2010/2011, época em que ergueu o troféu, após vencer o Palermo, por 3-1.

Na quarta-feira, disputa-se a segunda mão da outra ‘meia’, entre a Juventus, detentora do troféu, e a Fiorentina, com os 'bianconeri' a levarem uma vantagem de 1-0 conseguida na primeira mão, em Florença.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.