O treinador português Carlos Queiroz, selecionador de futebol do Egito, aconselhou hoje a imprensa a “contratar especialistas” para aprender a ler o jogo daquela seleção, em declarações em conferência de imprensa.

“Aconselho-vos a contratar especialistas”, disse o técnico na conferência de antevisão do jogo de quarta-feira com o Sudão, da terceira jornada do grupo D da Taça das Nações Africanas (CAN2021).

“O mundo mudou, a sociedade mudou, o futebol mudou [com a pandemia da covid-19]. A única coisa que não mudou são as críticas que nos fazem [aos treinadores]”, disse o treinador, acrescentando, ainda assim, estar preparado.

Queiroz não perdeu a oportunidade para criticar a Confederação Africana de Futebol (CAF), ao escrever na ficha de jogo que o Egito jogou em 5-5-0, numa alusão ao documento distribuído no jogo com a Nigéria, que os egípcios perderam (1-0).

“Isso vou deixar para o livro sobre piadas no futebol. Não é a CAF que me paga, é a Federação do Egito. Não posso fazer nada por vocês, mas depois do jogo ficarei feliz em ajudá-los”, acrescentou o treinador.

Ainda, e quando questionado em relação à ausência de um número 10 frente à Guiné-Bissau, o português falou em desconhecimento e enfatizou a mobilidade que todos os jogadores devem ter como jogadores de seleção.

Neste ponto, o técnico aconselhou então a imprensa a contactar especialistas para ler o jogo e compreender o sistema da seleção do Egito.

“Tenho a minha opinião, vocês têm a vossa. Desde que nos respeitemos não há problema, está tudo bem. Não jogamos com três jogadores no meio-campo, mas com cinco, seis, sete ou oito, quando necessário. Não jogamos com três defesas, mas com 11, é o mundo moderno. Atacamos como uma unidade, todos defendemos como uma unidade”, explicou Carlos Queiroz.

A seleção do Egito, que conta com a ‘estrela’ e finalista dos prémios The Best, o avançado Mohamed Salah, é segunda classificada no grupo D na CAN2021, com três pontos, menos três do que a Nigéria, enquanto a Guiné-Bissau e o Sudão têm um.

Para os oitavos de final da competição apuram-se os dois primeiros classificados dos seis grupos, mais os quatro terceiros melhores da fase de grupos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.