O órgão de disciplina da Federação alemã de futebol (DFB) rejeitou hoje uma queixa do Friburgo, que reclamava um triunfo na receção na última jornada ao Bayern Munique, devido à utilização momentânea de 12 jogadores nos bávaros.

O Bayern Munique, que venceu o jogo por 4-1, atuou durante cerca de 20 segundos com 12 jogadores, devido a um erro durante as substituições, com a entrada de Sule e Sabitzer para os lugares de Tolisso e Coman, em que este não se apercebeu e se manteve em campo.

A situação levou o Friburgo, quinto classificado, a depositar uma queixa na Federação, que, caso lhe fosse dada razão, poderia levar a uma derrota administrativa dos campeões, líderes da 'Bundesliga', com nove pontos de vantagem para o Borussia Dortmund.

A instância da DFB considerou que o “erro não é imputável ao Bayern Munique”, mas ao árbitro, que não verificou corretamente as entradas e saídas do terreno de jogo, no momento das duas substituições, aos 86 minutos.

Apesar da decisão agora desfavorável, o Friburgo, que está a três pontos do Leipzig e da última ‘vaga’ para a Liga dos Campeões, ainda pode recorrer.

O Bayern Munique, que procura o 10.º título consecutivo, soma 66 pontos na 'Bundesliga', contra os 57 do Borussia Dortmund, que é segundo, seguindo-se o Bayer Leverkusen, com 51, e o Leipzig, com 48, enquanto o Friburgo tem 45.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.