Este sábado, o Flamengo decidiu prolongar as férias dos jogadores e equipa técnica até 30 de abril, quando a data inicialmente prevista era o dia 21 desse mesmo mês.

A direção do Mengão pretendia que a equipa regressasse aos treinos nos próximos dias, mas esse desejo colidiu com a vontade das autoridades do Rio de Janeiro.

De acordo com a imprensa brasileira, foi o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel quem avisou que, mesmo que a situação melhore, o clube só estará autorizado a voltar aos trabalhos um mês mais tarde, no final de maio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.