O Flamengo, orientado pelo português Jorge Jesus, venceu, este domingo, o dérbi frente ao Fluminense por 2-0, em jogo da 27.ª jornada do campeonato brasileiro de futebol, dando mais um passo rumo ao título.

No final do encontro, o treinador português reclamou um penálti não assinalado a favor do Flamengo.

"Tiraram-nos um golo! Mas dou os parabéns ao árbitro. O VAR chamou-o, ele achou que não era penálti e não assinalou. Assim é que tem de ser. Sufocámos o Flu nos primeiros 30 minutos. Não foi um 'ai-Jesus'! Depois do 2-0 segurámos o resultado já a pensar na Libertadores", atirou Jorge Jesus.

Jorge Jesus com saudades de Portugal: "Nunca pensei sair do meu país"
Jorge Jesus com saudades de Portugal: "Nunca pensei sair do meu país"
Ver artigo

Além da vitória do Flamengo, o antigo técnico do Sporting e Benfica 'aproveitou' ainda o empate do Palmeiras com o Athletico Paranaense para aumentar a vantagem sobre o segundo classificado para dez pontos, a onze jornadas do final do campeonato brasileiro.

"O campeonato brasileiro tem muita qualidade. Se vencer [o Brasileirão] será mais um título. Dizem que tenho três, mas na verdade tenho 14. Se ganhar este, será o 15º troféu", referiu ainda.

Opinião: No primeiro Fla-Flu de Jesus, o Mengão ditou leis no Maracanã
Opinião: No primeiro Fla-Flu de Jesus, o Mengão ditou leis no Maracanã
Ver artigo

Por fim, Jorge Jesus admitiu que ter visto "muita qualidade" na sua equipa. "Não tinha muita pressão para ganhar. Os jogadores, como são bons, mostraram muito talento e qualidade. Ofensivamente, eles não nos criaram muitos problemas, só em duas bolas paradas. Mas, caso fosse golo, estavam impedidos", concluiu Jorge Jesus.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.