Com os campeonatos europeu próximos do seu termino, recordemos o que fizeram os portugueses em algumas das principais equipas no velho continente.

United humilhado em Inglaterra e Trincão marca para o Wolverhampton, de Bruno Lage

O Manchester United foi humilhado pelo Brighton, que conseguiu uma esclarecedora vitória por 4-0, naquela que foi a 11.ª derrota dos ‘red devils’ na competição. No sul de Inglaterra, o United, com os portugueses Diogo Dalot, Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo no ‘onze’, não teve argumentos para contrariar a supremacia dos ‘seagulls’.

Mais cedo, um golo do português Trincão ajudou o Wolverhampton, de Bruno Lage, a empatar no campo do Chelsea (2-2). Na equipa dos ‘wolves’, além de Trincão e Chiquinho, foram a jogo os compatriotas José Sá, João Moutinho, Pedro Neto e Rúben Neves, enquanto Fábio Silva e Toti Gomes não saíram do 'banco'.

O Manchester City imperou na receção ao Newcastle (5-0), para a 36.ª jornada da Liga inglesa de futebol, e passou a liderar a prova com três pontos de vantagem sobre o perseguidor e segundo colocado Liverpool. João Cancelo e Rúben Dias foram titulares, mas o antigo central do Benfica foi substituído ao intervalo. Bernardo Silva não saiu do banco de suplentes.

O Arsenal bateu em casa o Leeds por 2-1, com Cédric Soares entre os titulares e Nuno Tavares no banco.

O Leicester, sem o lateral português Ricardo Pereira na ficha de jogo, perdeu diante do Everton por 2-1. Nos ‘toffees’, André Gomes não foi utilizado pelo treinador Frank Lampard.

Liverpool e Tottenham empataram a um golo. Diogo Jota foi lançado por Jürgen Klopp aos 65 minutos.

Cinco dias depois de se ter sagrado campeão do Championship, o campeão Fulham, treinado pelo português Marco Silva, com Fábio Carvalho no 'onze' e Ivan Cavaleiro no banco, foi a Sheffield perder por 4-0.

Três portugueses marcam, em grande estilo, no campeonato alemão

O futebolista português André Silva imitou os compatriotas Tiago Tomás e Gonçalo Paciência e marcou um golo notável na vitória do Leipzig sobre o Augsburgo por 4-0, que valeu a entrada na ‘zona Champions’ da Liga alemã.

Horas antes, Tiago Tomás tinha inaugurado o marcador no estádio do campeoníssimo Bayern Munique de forma idêntica, com um remate de primeira à entrada da área que surpreendeu o guarda-redes Manuel Neuer, aos oito minutos, contribuindo decisivamente para o empate 2-2 do Estugarda.

Gonçalo Paciência foi outro avançado português em destaque na penúltima ronda da Bundesliga e o golo do jogador do Eintracht Frankfurt não foi menos espetacular, com um remate ainda mais distante da baliza, aos 66 minutos, que proporcionou o empate 1-1 na receção ao Borussia Mönchengladbach.

Rafael Leão continua em grande ao serviço do líder Milan na Serie A

O avançado português Rafael Leão esteve em destaque no triunfo forasteiro do AC Milan em Verona (3-1), na 36.ª jornada da Liga italiana de futebol, que devolveu a liderança à equipa milanesa a duas rondas do fim do campeonato. Depois de Faraoni abrir o marcador para a equipa da casa, aos 38 minutos, o extremo português foi determinante, com duas assistências para Tonali consumar a reviravolta. Miguel Veloso ficou no banco na equipa do Verona.

O Nápoles manteve a ténue possibilidade de se sagrar campeão, ao vencer por 1-0 no estádio do Torino. O defesa internacional português Mário Rui foi totalista na defesa dos napolitanos, que reforçaram o terceiro lugar no campeonato

A equipa de José Mourinho, que se apurou para a final da Liga Conferência Europa, entra em campo na segunda-feira em casa da Fiorentina, oitava classificada, e quererá pôr fim a uma série de três jogos seguidos sem ganhar na Serie A.

Lusos bem mais discretos em Espanha

O campeão espanhol de futebol Real Madrid foi a casa do Atlético de Madrid, sem o lesionado João Félix, perder por 1-0, na 35.ª jornada da Liga espanhola.

O Barcelona venceu o Betis, em Sevilha, por 2-1. O internacional português William Carvalho não foi titular na equipa sevilhana, mas saiu do ‘banco’ aos 79 minutos, a render o internacional mexicano Andrés Guardado.

O Athletic Bilbau, que luta por um lugar de acesso às competições europeias, não conseguiu melhor do que um nulo na receção ao Valência. Pela equipa visitante alinharam os internacionais portugueses Thierry Correia, que foi titular, e Gonçalo Guedes, que foi lançado em campo aos 66 minutos, a render o médio norte-americano Yunus Musah.

Sentimentos ambíguos dos portugueses em França

O Paris Saint-Germain (PSG), com os internacionais lusos Nuno Mendes e Danilo no ‘onze’, empatou a dois golos na receção ao Troyes, na 36.ª jornada da Liga francesa de futebol, e somou a terceira igualdade consecutiva.

Noutro jogo de hoje da 36ª jornada, o Metz, lanterna-vermelha do campeonato, recebeu e venceu o Lyon, por 3-2. O internacional português Anthony Lopes foi titular na baliza do Lyon, jogou os 90 minutos, mas não conseguiu evitar a derrota da sua equipa.

O Angers goleou por 4-1 na receção ao Bordéus. Pela formação do Angers foi titular o médio português Pereira Lage, que seria substituído aos 90+1 pelo defesa costa-marfinense Abdoul Bamba, e pelo Bordéus alinhou o seu compatriota Rui Mangas, que jogou os 90 minutos.

O triunfo do Lens em Reims teve o contributo do jovem português David Costa, de 21 anos, que foi titular e acabaria por ser substituído pelo congolês Gael Kakuta, aos 64.

O Lille, com José Fonte e Tiago Djaló no onze, foi derrotado (2-1) em casa pelo Mónaco. Na equipa do Lille estiveram ausentes dois habituais titulares, os médios portugueses Renato Sanches, castigado, e Xeka, lesionado, enquanto no Mónaco também esteve ausente o compatriota Gelson Martins, a contas com uma lesão.

O 'português' Olympiacos continua imparável na Grécia

O Olympiacos, treinado pelo português Pedro Martins, venceu o Aris, em Salonica, por 1-0, em jogo da 33.ª jornada da Liga grega de futebol, com o ex-portista Tiquinho Soares a marcar o único golo da partida.

Pela equipa de Pedro Martins, alinhou o internacional sub-21 português João Carvalho, que foi titular e acabou substituído à beira do final da partida, aos 82 minutos, pelo médio Vasilios Sourlis. No ‘banco’ do Olympiacos, de onde não saiu, esteve um internacional ‘A’ luso, Rony Lopes, enquanto o seu compatriota Bruno Gama foi lançado em campo pelo técnico do Aris de Salonica aos 66 minutos, a render o médio argentino Mateo García.

Vítor Pereira lidera no Brasil e Luís Castro venceu o duelo com Paulo Sousa

O Corinthians, treinado pelo português Vítor Pereira, venceu o Bragantino, por 1-0, em casa deste, e assumiu a liderança isolada do campeonato brasileiro de futebol.

A equipa treinada pelo português Luís Castro, o Botafogo, venceu justamente o Flamengo, orientado pelo seu compatriota Paulo Sousa, por 1-0, e recupera depois de um início mais oscilante no ‘Brasileirão’.

O Palmeiras, treinado por outro português, Abel Ferreira, bicampeão da Taça Libertadores, segue em 13º lugar, com seis pontos, mais um do que o Flamengo, que é 14º, com cinco.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.