Eis o resumo do que fizeram os portugueses no principais campeonatos por essa Europa fora.

Real Sociedad na liderança e jogo de emoção entre Atlético de Madrid e Valência

Em Espanha o Real Madrid venceu o Rayo Vallecano de Bebé (entrou ao minuto 60), já Kévin Rodrigues não saiu do banco por 2-1.

Os golos dos merengues foram apontados por Toni Kroos (14´) e Karim Benzema (38´). Sem conseguir dilatar o marcador, acabou por ser o Rayo a reduzir por Radamel Falcao (aos 76´), mas o resultado não sofreu mais alterações.

Já o Barcelona continua a marcar passo na La Liga. Desta feita empatou a 3-3 em casa do Celta de Vigo, num encontro em que chegou a estar a vencer por 3-0 (com golos de Ansu Fati, Sergio Busquets e Memphis Depay). Contudo, Iago Aspas (2), Nolito conseguiram igualar o marcador para o emblema de Vigo.

Já o Atlético de Madrid de João Félix empatou este domingo na casa do Valência a três bolas, num jogo em que esteve em vantagem por dois golos de diferença até ao minuto 91. O internacional português dos 'colchoneros' só entrou ao minuto 87´. Guedes foi titular no Valência.

Luís Suárez foi quem abriu o ativo ao minuto 35. O empate chegou no início da segunda parte, num autogolo de Savic, depois de um pontapé de Gonçalo Guedes (50´). Grizmann (58´) e Vrsaljko (62') colocaram de novo o Atlético em vantagem. Só que quando o resultado já parecia feito, o conjunto ché chegou ao empate já depois do minuto 90, depois de um bis de Duro (92´) e 96´). A Real Sociedad bateu o Osasuna por 2-0, com golos de Mikel Merino e Januzaj e subiu a liderança da La Liga, com um ponto de vantagem sobre os merengues mas com mais um jogo.

Veja a classificação em Espanha

City impôs-se ao United no dérbi de Manchester

No jogo da jornada da Premier League, o City impôs-se frente ao United em Old Trafford (2-0). Com os três portugueses no onze do City, o conjunto orientado por Pep Guardiola colocou-se na frente do marcador depois de um golo de Eric Baily depois de um cruzamento de Cancelo.

Bernardo Silva estabeleceu o resultado final depois de uma nova assistência de Cancelo. Ronaldo e Bruno Fernandes foram titulares nos 'red devils'. O encontro também não deixou de ser polémico, com Diogo Dalot a ser criticado pelos adeptos do United depois de abraçar Rúben Dias no túnel de acesso ao balneário.

Já o Wolverhampton de Bruno Lage foi derrotado na visita ao Crystal Palace por 2-0 em partida da 11.ª jornada da Premier League. José Sá, João Moutinho, Rúben Neves e Nélson Semedo foram titulares. Daniel Podence e Fábio Silva entraram no segundo tempo.

O Liverpool com Jota no onze titular foi derrotado frente ao West Ham por 3-2. O 'reds' que defrontam o FC Porto no grupo B da Champions, marcaram por Alexander Arnold e Origi. Contudo, não foi suficiente para contrariar os golos dos londrinos (Alisson (ag), Pablo Fornals e Zouma).

Na classificação, o Chelsea lidera com 26 pontos, seguido do City e West Ham com 23 e Liverpool com 22. O United está na sexta posição com 17.

PSG soma e segue na liderança

Em França, Tiago Djaló (depois de um livre de Renato Sanches) marcou, mas o Lille somou o quarto jogo sem vencer no empate (1-1) frente ao Angers. Djaló, Sanches e José Fonte foram titulares. Xeka não saiu do banco de suplentes.

Já o Paris Saint-Germain, com um ‘bis’ do brasileiro Neymar, bateu o Bordéus (3-2) e lidera destacado a ligue 1. Danilo e Nuno Mendes foram suplentes utilizados num embate sem Messi por lesão.

Roma a marcar passou em Itália, empate no dérbi de Milão

Em Itália, mais um fim de semana para esquecer para a Roma de José Mourinho. A equipa da capital italiana perdeu por 3-2 na 12.ª jornada da Serie A e sofreu a segunda derrota consecutiva no campeonato.

Mattia Caldara colocou o Veneza a vencer aos três minutos, mas os romanos deram a volta com tentos de Eldor Shomurodov e Tammy Abraham. No segundo tempo, a equipa de Veneza marcou mais dois golos e assegurou o triunfo depois dos golos de Mattia Aramu, de grande penalidade, e David Okereke. Rui Patrício ainda conseguiu conter os estragos até final, com um punhado de boas defesas.

No dérbi de Milão, Inter e AC Milan empataram a uma bola. Com Rafael Leão no onze, o AC Milan viu-se a perder depois de um golo de Çalhanoglu. Mas a igualdade foi restabelecida depois de um autogolo de De Vrij.

Na liderança, Nápoles e AC Milan estão empatados com 32 pontos. A Roma é sexta, com 19.

O Bayern voltou a dizer a dizer presente, Dortmund de Rapahel Guerreiro derrotado por Leipzig de André Silva

Na Alemanha, no duelo entre Dortmund e Leipzig, a equipa do grupo do Sporting na Champions foi derrotada por 2-1 frente ao conjunto de André Silva que entrou aos 69 minutos. Os golos foram apontados por Nkunku e Poulsen. Marco Reus marcou para o visitantes. Raphael Guerreiro ficou de fora do encontro por lesão. Já a máquina do Bayern voltou a triunfar e com Robert Lewandowski a fazer o gosto ao pé, no triunfo sobre o Freiburg (2-1). 60.º tento do polaco em 2021.

Nos restantes campeonatos europeus, o Olympiacos, de Pedro Martins, venceu e consolidou liderança na Grécia. O Spartak Moscovo, orientado pelo treinador português Rui Vitória, somou o quarto jogo na Liga russa de futebol sem vencer, ao empatar 1-1 na receção ao Lokomotiv Moscovo, para a 14.ª jornada. Já o Fenerbahçe, do técnico português Vítor Pereira, somou também o quarto jogo seguido sem vencer na Liga turca de futebol, depois de empatar em casa com o Kayserispor (2-2), no jogo que fechou a 12.ª jornada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.