Diego Maradona passou a noite numa clínica de La Plata na Argentina, onde foi hospitalizado devido a anemia e depressão. O seu médico pessoal, Leopoldo Luque, deu hoje a conhecer o estado atual do mítico jogador argentino, revelando que 'D10s' apresenta melhorias face ao dia de ontem e que deverá passar mais um dia internado.

"Está melhor que ontem, a ideia é que passe mais um dia no hospital. Está anémico e um pouco desidratado. Queremos que ele melhore o que conseguir. Precisamos de mais tempo", disse, em declarações citadas pelo TyC Sports.

O médico afirmou que Maradona passou bem a noite e que está consciente do que se passa, mas que é pretendido que permaneça no hospital para que seja examinado devidamente.

Maradona, a estrela do futebol que dribla a vida
Maradona, a estrela do futebol que dribla a vida
Ver artigo

"Como está bem, quer-se ir embora. Está de bom humor. Está absolutamente consciente da situação. Estará no hospital por três dias aproximadamente, espero que ele fique até amanhã porque aqui podemos examiná-lo muito melhor e o diagnóstico é mais rápido", acrescentou.

Sobre o tratamento, Luque afirmou que será um tratamento demorado, mas que permitirá que o ex-jogador regresse ao trabalho como treinador do Gimnasia.

"É um tratamento de longa duração e vai ser feito em ambulatório. Mas ele pode trabalhar quando quiser"

O antigo internacional argentino celebrou 60 anos na última sexta-feira, sendo que nesse dia esteve no estádio do Gimnasia de la Plata, clube do qual é treinador. Contudo, deixou o estádio ainda antes de se iniciar o jogo com o Patronato, tendo sido o adjunto Sebastián Mendez a comandar o ‘lobo' na primeira jornada do campeonato argentino.

Antes do encontro, Diego Maradona foi homenageado pelos presidentes do Gimnasia, Gabriel Pellegrino, da Federação Argentina de Futebol (AFA), Claudio Tapia, e da Liga Profissional de Futebol do país, Marcelo Tinelli.

Além do histórico de problemas cardíacos e de hipertensão, e ter sido operado ao joelho direito no ano passado, Maradona também sofre de insónias, segundo adiantaram recentemente os seus médicos, garantindo que o argentino "está completamente limpo da cocaína", mas que "em alguns momentos comete excessos com bebidas alcoólicas e noutros momentos, não".

Nos últimos meses, Diego Maradona perdeu peso e retomou os exercícios de reabilitação ao joelho direito.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.