Os direitos de formação do Clube 1º de Agosto sobre o atacante Osvaldo Pedro Capemba "Capita", fixados em 200 milhões de kwanzas, foram pagos, após longos meses de diferendo entre a coletividade, agentes e empresário do futebolista.

O sítio da formação “militar” confirmou o facto, nesta quinta-feira, como resultado da sua reclamação junto do Tribunal Arbitral do Desporto, que determinou o pagamento da verba, sob pena de aplicar sanções ao atleta.

Proveniente do CD Trofense, que evolui no Campeonato de Portugal, série B, com o qual tinha um pré-acordo, o jogador angolano está atualmente vinculado ao Lille, de França, por cinco épocas.

A transferência de Capita para o Trofense foi marcada por polémicas, envolvendo o 1º de Agosto (clube de formação), agente do atleta e direção da coletividade lusa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.